“A crise é produto da corrupção e também da falta de liderança” | CRA-RJ – Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro
Live Chat Software


“A crise é produto da corrupção e também da falta de liderança”

O presidente do Conselho Federal de Administração Adm. Wagner Siqueira, conselheiro federal pelo Rio de Janeiro, ministrou a palestra “Líderes: Uma espécie em extinção?”, na Faculdade Sul-Fluminense (Fasf). Durante sua apresentação, ele elencou algumas questões que precisam ser revistas dentro das organizações para que as empresas obtenham lucros, mantendo o bem-estar de seus empregados. O evento contou com a participação de estudantes e professores de Administração da instituição.

Os professores Claudio Alvares Menchise e Dalton da Silva e Souza, diretor-geral e vice-diretor da Fasf, respectivamente, fizeram a abertura do evento, destacando a relevância do tema abordado, bem como o papel do CRA-RJ na formação dos Administradores fluminenses. Logo depois, realizaram uma homenagem ao presidente do CFA.

O Adm. Wagner Siqueira chamou a atenção para a disputa entre instituições, que podem ser fortes ou fracas, e costumes, podendo ser bons ou maus. Essa incoerência, ao mesmo tempo que equilibra o andamento da sociedade, representa a fragilidade da democracia. Caberia, então aos líderes Administradores a tarefa de trabalhar a mentalidade das pessoas para que as organizações se tornem fortes, a partir dos bons costume de cada indivíduo.

“Existe um processo de corrupção de valores, de comportamento, de práticas etc., e isso se conclui sinergicamente. Eu não me refiro apenas ao caso brasileiro, porque quando a gente olha a realidade mundial, em geral, verifica-se que há uma espécie que pode caminhar para a extinção: os líderes. Por isso, nós, profissionais de gestão de diferentes áreas, precisamos refletir, pensar um pouco sobre tudo isso. A crise é produto da corrupção e também da falta de liderança’, disse.

Siqueira ainda chamou atenção para os perigos da invasão de espaço entre Legislativos, Executivo e Judiciário, que agrava a crise institucional brasileira; da disputa ideológica entre políticos de esquerda e de direita, que se assemelham na busca de poder; das questões humanas psicológicas e não lógicas, que precisam ser melhor compreendidas pelos gestores, entre outros assuntos pertinentes ao desenvolvimento de lideranças fortes e conscientes.

Ao final do evento, o Adm. Marco Aurélio Lima de Sá, conselheiro e representante do CRA-RJ na Região Centro-Sul Fluminense, convidou os presentes a interagirem mais com o Conselho. Ele ainda avisou que esta e outras palestras ficam disponíveis na CRA-RJ Play e na Rádio CRA-RJ.




Assuntos Relacionados: